domingo, 24 de fevereiro de 2013

Carnaval na Alemanha - parte 2

Ainda sobre as comemorações de carnaval, a segunda-feira vale ser mencionada. Doente e sem muito ânimo para as festividades, achei que ia ficar recolhida em casa mesmo. Acontece que eu moro no centro, bem aonde acontece o desfile de carnaval daqui! Acabei não resistindo à movimentação de lá de fora. Desci então, toda encasacada, com a esperança de angariar alguns docinhos. Explica-se: na segunda-feira, a chamada Rosenmontag, acontece o maior desfile de carnaval, no centro. Essa parada consiste, basicamente, em carros de som - parecidos com pequenos trios elétricos - cheio de pessoas que jogam doces aos que os vêem passar.

As vitrines ficam todas enfeitadas


Leve sacos e prepare-se para enchê-los de doces! Mas atenção: é preciso estar fantasiado ou pelo menos com um chapéu divertido para "merecer" os presentinhos. Eu usava somente roupas de inverno e não cativei as pessoas que jogavam doces. Mesmo assim, consegui catar alguns que caíam no chão. Eu estava lá, atenta aos que escapavam das mãos afoitas das velhinhas. Gente, as velhinhas são máquinas de pegar doces!

Elas eram as mais animadas, super fantasiadas, cantando e vibrando com a passagem dos carros! Elas estendiam as mãos e gritavam Alaaf! o cumprimento de carnaval. É batata. Uma velhinha que estende as mãos e grita Alaaf ganha muitos doces. Eu estava praticamente alheia à essa festividade, pois estava com a garganta inflamada o suficiente para não arriscar um Alaaf em alto e bom tom no frio congelante que fazia. A fantasia, confesso, esqueci. Então, no fim, percebi que não conseguiria muita coisa não. Uma das moças que jogava doces olhou pra mim e fez uma cara de repreensão, se recusando a me presentear com os waffles que ela jogava! Uma espécie de bullying porque eu não estava fantasiada. Foi engraçado. Mesmo assim, depois de apenas meia hora assistindo o desfile, enchi a minha pequena bolsa de mão de doces e voltei pra casa. Nem a sacola eu levei, olhem só quanto amadorismo.

Nenhum comentário:

Postar um comentário