terça-feira, 27 de maio de 2014

Mudanças na alimentação


Uma coisa boa em reler estes posts republicados no blog novo é que eu tenho a chance de trazer os velhos assuntos de volta, dessa vez sob um novo ponto de vista. Isso é muito natural, pois depois de quase quatro anos morando na Alemanha, tive novas descobertas, além de algumas transformações e escolhas pessoais.

Sobre a minha alimentação, muita coisa mudou. No último ano passei por uma reeducação alimentar; além da mudança na dieta por estar em um outro país, tomei consciência de uma série de erros alimentares que prejudicavam a minha saúde e aparência. Algumas coisas ainda são as mesmas, estou longe de ter uma dieta perfeita, mas me alegro em compartilhar aqui alguns pontos e dicas para as pessoas que, como eu, aproveitaram a mudança de país para mudar seus hábitos alimentares.


Legumes e verduras: posso dizer que descobri os legumes aqui na Alemanha. Também me apaixonei pela culinária neste tempo, e estas coisas vieram juntas. Aprendi a fazer pratos com legumes que me agradam, pois apesar das tentativas da minha mãe em me fazer comê-los, era sempre meio chatinha com eles. Agora sei como cada legume me cai melhor. E definitivamente não é em um sopão, com tudo misturado. Alguns tipos comuns no Brasil como o chuchu e a couve (tradicional, como conhecemos) não existem por aqui. Conheci, no entanto, muitos outros que nunca tinha visto! Encontrei outros tipos de folhas e outros legumes, como a Meerrettich (com ajuda do Google, o nome científico é Armoracia rusticana), um tipo de raíz. Essa danada de sabor forte está em todas as minhas saladas agora. Aprendi a cozinhar ingredientes frescos, nada de comprar legumes congelados, como quando eu cheguei aqui.

Os padrões de controles alemães são bastante sérios e isso me tranquiliza. Os índices de produtos químicos e pesticidas estão muito abaixo dos consumidos no Brasil. Existem ainda imensas cadeias de lojas Bio, que disponibilizam toda a sorte de alimentos com controle e padrão de qualidade superior.

Lojas Bio: nessas lojas eu encontro quase tudo que preciso; grãos, farinhas, leites, manteigas, óleos. Minha irmã, em visita recente, ficou até triste ao constatar que os produtos caros e raros do Brasil aqui são baratíssimos e acessíveis. Existem sessões inteiras de produtos sem glúten, sem lactose ou com baixo teor de gorduras. Diversos leites veganos, cereais e brotos.


Aprendi a amar grãos e farinhas.


A rede de alimentos bio que eu mais gosto é a Alnatura. Aqui em Aachen, eles têm uma loja imensa, que vende praticamente tudo. Em outras cidades menores da Alemanha essa marca é vendida em outros pontos comerciais, vale a pena procurar. Outra marca bastante completa é a Rapunzel. Os caras são fortes nas massas integrais de tipos variados, farinhas e cremes de oleaginosas.

Boas marcas: Alnatura e Rapunzel
Resolvi lançar este novo assunto na sessão Gastronomia, de tempos em tempos vou mostrar alguns destes produtos, como eles se chamam e onde podem ser encontrados aqui na Alemanha.

3 comentários:

  1. Olá Frau Gurgel,

    "Tai" uma das coisas que mais gosto aqui na Batatolandia e pretendo tmb compartilhar no meu recém-nascido blog, rs...a alimentação orgânica, saudável e acessível por aqui :-)

    Viel Grusse,
    Mari

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Seja bem vinda, Mari! Podemos trocar informações sobre alimentação, sou vidrada neste assunto. :)

      Excluir