sexta-feira, 13 de junho de 2014

Abertura da copa

Normalmente tenho um pouco de vergonha em usar a camisa do Brasil na rua. O outro aspecto de vir de um país extremamente simpático e querido é que você causa quando usa a camisa do Brasil. E eu sou do tipo mais tímida, uma no meio da multidão; e não o tipo estrela maior da calçada. Mas ontem deixei a bicho-do-matice de lado e comecei o dia com a amarelinha, indo ao mercado. Como imaginava, foi uma comoção no dia da abertura da copa. Gente buzinando, sorrindo pra mim. Um homem efetivamente parou o seu caminho para sorrir e acenar na minha direção. Foi bom para eu ir já me aquecendo para a festa que viria depois.

Antes das oito, sentamos numa praça aqui perto e pegamos uma mesa bem em frente ao telão gigantesco que passaria a cerimônia. Em pouco tempo os colegas brasileiros chegaram também, tínhamos marcado pelo Facebook. Chegaram muitos brasileiros, alguns que eu não conhecia. Éramos realmente muitos. O clima estava agradável, um sol gostoso, cerveja gelada, e por algum tempo esqueci onde estava. Adoro encontrar os brasileiros e voltar ao volume natural da minha voz. O Matthias diz que eu grito quando falo em português. Eu digo que esse é o meu volume natural, que o alemão contido e sussurrado na verdade é o meu disfarce, minha versão Clark Kent.

Se no início da manhã estava ainda tímida com a camisa amarela, no fim da tarde estava com a camisa, aos berros e com as cores da bandeira pintadas na bochecha. Me deixei levar pela maré. A voz durou pouco, já nos primeiros minutos de suposto jogo, eu perdi a coitada. Suposto jogo porque, né, o Brasil fez a Pegadinha do Malandro com a gente naquele primeiro gol, até realmente entrar para jogar.

A brasileirada levou pandeiro, tamborim e até um agogô, pasmem. Tocamos o terror na nossa pacata cidade!

Sobre a abertura

Foi um misto de opiniões entre nós. Eu achei a cerimônia fraca de um modo geral, com alguns pontos positivos. Esperava mais, afinal, a gente promove coisas muito mais lindas por aí. A parte inicial das florestas foi econômica. Retratar diversidade natural com meia dúzia de árvores e plantas? Queria no mínimo uma ala (estilo carnaval do rio) para cada ser da natureza representado! Vamos bombar de vitórias régias, meu povo! É pra botar cama elástica? Que cubram a superfície do gramado de camas elásticas e façam uma coisa fantástica! Caro Paulo Barros, por quê recusaste o convite de organizar essa festa? Enfim, essa parte foi modesta e pareceu muuuito longa pela tv. Mas alguns takes internos foram bacanas, acho que ver da TV talvez tenha sido mais interessante que ver pontinhos coloridos lá do alto das arquibancadas.Vou compartilhar aqui o vídeo do canal alemão que passou no telão, pra vocês sentirem o drama.

Vídeo da abertura no site da ZDF.

Segunda tentativa de link

Vi que estes links só são mostrados em território alemão :( Em breve vou garimpar outras versões e publico aqui.

Adorei que o maluco de samambaia foi lá e botou o oclão pra jogo. Mané lente de contato o quê. Eu faria o mesmo.

Melhor que entrar com o carro pela contramão.     Fonte vídeo da ZDF
 

Depois do início tímido, veio o trecho de danças típicas que eu gostei bastante. Talvez por estar em outro país e contar com a ajuda do comentários em alemão, achei aquela exposição cultural bastante rica. Os instrumentos musicais da nossa cultura todos ali expostos, devidamente explicados pelos locutores. Foi impagável ouvir o comentarista reproduzir uma sequência hilária de "rêco rêco, afôxê, berimbau" (min. 9.23 no vídeo). Sílaba tônica pra quê?

Quero uma saia de agogô pra mim, pronto falei.     Fonte vídeo da ZDF


Gostei da variedade de ritmos que fugiu do clichê. Amei ver as mocinhas do sul, lindas com suas pilchas, mas queria mesmo era estar entre as baianas no samba de roda. Ahhh....gostei dessa parte! me julguem. Tive micro orgulho da apresentação dos capoeiristas também.

Um viva aos que passaram pela geração da escova japonesa ilesos!     Fonte vídeo da ZDF


Foi legal ouvir a explicação do termo Jogo Bonito, sobre a nossa paixão pelo futebol e pelas jogadas habilidosas e plásticas, quando vibramos com isso com a mesma intensidade que vibramos pelo resultado do jogo.

Estava tudo muito bem até chegar a Cláudia Leitte. O comentarista se antecipou e a chamou de Jennifer Lopez, haha! Só depois ele corrigiu. (ver min. 20.35 no vídeo). Senti aquele constrangimento nível máximo quando ela foi chamada de superstar brasileira, cantora and atriz. Foi como quando o Latino, ainda de bigode, se apresentava no Faustão.

Do youtube, outro vídeo que mostra a confusão do comentarista( no min. 0.23)


Ih..o elevador parou, Jenny.     Fonte vídeo da ZDF
E quando o elevador parou e o Pitbull olhou pra J-Lo com aquela cara de Saporra não vai subir mais?

Ou quando a Cláudia tentou forçar com a pobre da J-Lo? Não Cláudia, a J-Lo não quer requebrar com você.



Ela bebeu?     Fonte vídeo da ZDF

No fim, vimos rapidamente as imagens do projeto do neurocientista Miguel Nicolelis. Tudo breve, porém muito bem explicado. Fiquei bastante orgulhosa desse momento.

Foi especial ver a abertura da copa do mundo de longe, daqui da Alemanha. Me diverti até achando graça do que não foi tão bom. Muitas vezes tenho uma postura bastante crítica sobre as coisas, mas ontem peguei leve e só curti. Gritei muito. Torci muito. Fiz a turista na minha própria cidade por um dia. Espero que os próximos dias sejam ainda melhores!

9 comentários:

  1. Também achei a abertura fraquinha.... Mas não estava preocupada com isso e sim com o jogo (que me deixou rouca). Mas valeu, né? Ganhamos!!!!
    Não consegui assistir o vídeo do link que vc postou. Aparece a tela cinza e um som de propaganda :(

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Não deu pra ver o vídeo?Ixi! Que chato! Vou tentar resolver isso,obrigada! Será que só passa em território alemão? Sim, vamos torcer para que os próximos jogos sejam mais tranquilos, esse foi primeiro foi muito tenso!
      Bjs

      Excluir
    2. Há uma mensagem assim: "Diese Sendung darf nur innerhalb Deutchlands gezeigt werden. Wir bitten um lhr Verständnis"
      Não entendo nada kkkkkkk

      Excluir
    3. Tentei um novo link, veja se consegue agora!

      Excluir
  2. Coloquei no youtube usando as palavras em alemão e consegui ver: https://www.youtube.com/watch?v=6FyBXLsZi-w Entendi ele chamando Claudia Leite de JLo kkkk

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Que pena! Vou procurar aqui outra versão desse vídeo! Valeu pelo feedback Gabi! Diz no link que o vídeo só pode ser mostrado no território da Alemanha :(

      Excluir
    2. Gi, pensei em ti várias vezes! Imaginava seus comentários cáusticos como soda, mas também sua carinha de saudade!

      Excluir
    3. hahaha! Só vc, Dani! Saudade eu tenho sempre, mas é bom também :)

      Excluir