Autora



Apaixonada por viagem desde ainda muito jovem, quando ia aos acampamentos do grupo de escoteiros. 
Se formou arquiteta e urbanista pela Universidade de Brasília, queria conhecer os doidos que fazem essas paisagens loucas que o mundo mostra. Queria entender o que era gótico, o que era pós moderno ou o que era simplesmente lindo, sem muita explicação. Fez várias viagens clichês e mais outras tantas que exigem coragem! Ainda não conhece tantos destinos comuns ou exóticos quanto gostaria, mas isso logo será corrigido.

Durante a faculdade, resolveu mochilar pela europa meio sem grana e quase não voltou. Se apaixonou pelos parques e praças de lá. Então, se tornou mestre em arquitetura de paisagens pela Escola de Economia e Meio Ambiente de Nürtingen-Geislingen, Alemanha. Dessa vez não voltou, ainda (reside, no momento, em Aachen). Vive dando banda em paisagens novas e brincando de ser desconhecida numa realidade que não é a sua, como se fosse a nova Wally no desenho da vida dos outros. Descobriu que tem gente bacana em qualquer parte do mundo, capaz de te amar e te entender sem ter tido a mesma criação ou cultura que a sua. Descobriu que tem gente chata também sempre, e com essas pessoas ela nem perde muito tempo.

É uma orgulhosa cidadã brasiliense e brasileira mas, antes de tudo, sente a liberdade que é estar viva e interage de forma responsável com tudo que a cerca, e não somente com o que conhece. Tenta buscar sempre mais. Reconhece os prazeres e deveres que a coexistência no mundo agrega. Reflete sobre as imagens e episódios vividos que a fazem ser quem ela é, acha isso mágico.

 Não hesita em opinar em seus próprios textos em itálico.